smartphone

Aplicativos de TI para tablets e smartphones ajudam a gerenciar obras em tempo real

12 agosto 2013

NA PALMA DA MÃO

Aplicativos de TI para tablets e smartphones ajudam a gerenciar obras em tempo real

 

Se ferramentas integradas de Tecnologia da Informação (TI) já são vistas como grandes aliadas da gestão empresarial, a mobilidade dos tablets e smartphones só facilita ainda mais a padronização de processos técnicos e executivos, de controle de preços, prazos e qualidade, em médias e grandes obras.

Através de aplicativos, dados são coletados no canteiro e disponibilizados, em tempo real, a sistemas interligados pela rede, permitindo acesso e análise imediatos por administradores da obra.

O avanço dos recursos de TI possibilita integrar informações, como resultados financeiros do empreendimento, cadastro de clientes, vendas de unidades e recebimento ou pagamento de contas. “Pagamentos de fornecedores, solicitação e recebimento de materiais de construção e avanço físico da obra”, complementa o engenheiro civil Gabriel Ribeiro Borges, consultor do Centro de Tecnologia de Edificações (CTE).

Um dos pontos críticos da gestão de obras está no controle e disponibilização dos materiais. O acesso a informações certas, no tempo certo, evita que equipes de execução fiquem ociosas, aumentando a produtividade.

De acordo com Borges, através do correto acompanhamento da quantidade de materiais solicitados e utilizados é possível avaliar a necessidade de comprar aditivos e as causas de possíveis desvios no orçamento inicial, seja por má utilização dos materiais, ou desperdício.

Acompanhamentos contínuos dessas informações também auxiliam na rápida tomada de decisões.

O sistema OROweb (Qualidade Real da Obra), utilizado pela Unidade de Qualidade e Processos do Centro de Tecnologia de Edificações (CTE), é exemplo desses aplicativos. Desenvolvido em parceria com o AutoDoc (desenvolvedor de aplicativos de TI para a construção civil), o recurso coleta dados durante as inspeções de qualidade de cada etapa dos serviços executados.

Por meio do aplicativo instalado em tablets e smartphones, informações são transferidas para a plataforma online, onde podem ser visualizadas e analisadas com o objetivo de gerar indicadores de qualidade para estruturas, alvenarias, contrapiso e revestimentos cerâmicos.

Os indicadores podem ser comparados mês a mês, possibilitando a melhoria de processos e controle da obra. “O sistema proporciona, ainda, a geração de relatórios e planos de ação para o acompanhamento das correções de falhas detectadas, e o estudo das causas desses problemas. A ideia é definir ações que impeçam a sua reincidência e custos de retrabalho”, afirma o consultor.